26 de abr de 2013

7 dias


7 dias.
Para alguns é uma eternidade. Para outros é um tempinho de nada.

7 é um número significativo em muitas culturas. O sentido bíblico é o da totalidade, da plenitude, da completação, nos ensina o Dicionário Bíblico da Editora Paulus.

Os Israelenses marcharam 7 dias em volta de Jericó (Js 6); 7 pães foram multiplicados e restaram 7 cestos de fragmentos (Mt 15; Mc 8). As 7 Igrejas do Apocalipse com suas 7 estrelas, candelabros...; o perdão necessário não 7, mas 70x7 (Mt 18); etc.
Isso sem falar nos 6 dias da criação seguidos por um 7º dia de descanso, como obra completa e perfeita.

Faltam 7 dias para o encontro Estadual do Ministério para Crianças, que ocorrerá em Jundiaí entre os dias 3 a 5 de maio. É o tempo certo, perfeito para você se organizar e ir. Desculpas para não ir, sabemos que tem, talvez até 7 delas, mas os motivos para a sua presença são maiores, com certeza até 70x7.

Você pode acessar a ficha aqui:

Esperamos você.

Ana Paula Silveira Gericó Speri
Coord Est Min Crianças


19 de abr de 2013

Está chegando a hora!!!


Amados, a paz do Menino Jesus!
Nosso encontro estadual de 3 a 5 de maio em Jundiaí está chegando. Que maravilha!
Encaminhamos aos vossos coordenadores diocesanos um convite especial para que eles e mais evangelizadores possam estar conosco nesse encontro.
Enfatizamos que seria muito bom a presença de, pelo menos, um representante de cada Grupo de Oração Infantil, de um representante de cada região e até mesmo a deles mesmos, porém uma presença é indispensável, A SUA. Você como coordenador(a) diocesano(a) do Ministério para as Crianças precisa estar presente. Também como coordenador(a) exerce um papel motivador indispensável, por isso contamos com seu apoio, oração, divulgação e incentivo.
Talvez a distância seja uma dificuldade, lembre-se do quanto  Abraão andou para ir onde era preciso.

Talvez os recursos sejam limitados, lembre-se o que fez santa Madre Tereza de Calcutá com o pouco que tinha.

Talvez haja medo ou desânimo, lembre-se de Ananias que, mesmo com medo foi ao encontro de Saulo.
Dê um passo à fé e venha participar deste encontro que trabalhará o tema Querigma, parte essencial da evangelização, com ênfase especial na fé, tema central do nosso ano. Será novo de Deus e, ainda que você e os seus já tenham feito algum encontro a respeito do tema, venha e deixe o Espírito Santo te surpreender.
Um forte abraço do  Menino Jesus e meu.
Ana Paula Silveira Gericó Speri
Coord. Est. Minist. Crianças.

11 de abr de 2013

É tempo de liberdade

Sergio Henrique Speri 

Vivemos um tempo novo. Nova vida com a ressurreição de Cristo, novo Papa, novos costumes, novas realidades, até mesmo um novo Brasil. Esse novo tempo traz como uma de suas características a liberdade. Podemos afirmar que é tempo de liberdade.

Mas o que é a liberdade e como aproveitar ao máximo dessa liberdade?
De maneira bem simples, podemos falar que liberdade é a condição daquele que é livre para fazer o que quiser sem coação alguma, sem restrições. Em termos legais, a liberdade tem essa mesma característica, porém desde que respeitada os direitos dos outros. Podemos até parafrasear o dizer popular que diz que os nossos direitos terminam onde começam os direitos dos outros e dizermos que a nossa liberdade vai até onde não fira a liberdade do outro.

Partiremos, nesta reflexão, dessa liberdade legal, se assim podemos dizer, a liberdade que respeita os direitos dos outros.

Podemos, erroneamente, imaginar que a liberdade é, antes de tudo, algo conquistado pelo homem. Ainda que ele a tenha que conquistar em muitos casos que não refletiremos aqui, ela é antes de tudo uma dádiva divina, pois foi Deus que nos criou livres e foi Ele mesmo que enviou o Seu Filho Único para depois nos libertar do pecado, do mal e da morte, resgatando em nós a condição de liberdade com que Ele nos criou.

Poderia Ele ternos criando como “marionetes” e controlar toda a nossa existência, mas preferiu nos criar livres.

De certa forma podemos dizer que a liberdade que Deus nos concedeu se assemelha a liberdade legal falada logo acima, pois permitiu que fizéssemos tudo, pedindo apenas que não feríssemos o Seu direito – se assim podemos dizer – e não avançássemos à árvore do meio do jardim (conf. Gn 2, 17). Na verdade essa “proibição” era para nos preservar, era uma “proibição” amorosa, semelhante a que fazemos aos nossos filhos com relação às drogas, bebidas, etc.

Muitos defenderão uma liberdade total e irrestrita, sem essa “proibição amorosa”. Deus é Pai. Qual é o pai que deixará seu filho, gozando de sua liberdade colocar a mão fogo, tomar veneno, brincar com uma fera...? Nós pais precisamos dar liberdade aos nossos filhos integralmente ou precisamos impor limites?

Deus não nos criou para sermos “lançados” na Terra, à mercê da nossa sorte. Deus teve um propósito ao criar a humanidade e são Paulo nos revela que esse propósito é de “servirmos à celebração de sua glória” (Ef 1, 12). Não somos nós que damos a glória a Deus, Ele já a tem, na verde Ele já tem toda a glória, mas quis nos criar para, na celebração da Sua glória, nós sermos os servos e, se não o fazemos, estamos contrariando a razão principal da nossa vida.

Encerrando esta brevíssima reflexão, respondo a segunda questão por mim proposta. Aproveitaremos o máximo da nossa liberdade realizando o propósito da nossa criação. São Paulo já nos falava que "tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma. Tudo é permitido, mas nem tudo é oportuno. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica". (1Cor 6, 12; 10,23)

Queres ser completa e plenamente livre? 
O pleno gozo da nossa liberdade está em fazermos a vontade de Deus.



Tá esperando o que????



“A infância, hoje em dia, deve ser destinatária de uma ação prioritária da Igreja, da família e das instituições do Estado. (...) A infância, sendo a primeira etapa da vida do recém-nascido, constitui ocasião maravilhosa para a transmissão da fé”. (Documento de Aparecida 438,440)

Vamos esperar o que? Vamos evangelizar nossas crianças já!

Nos próximos dias 3, 4 e 5 de maio estaremos realizando o nosso encontro estadual do Ministério para Crianças, na cidade de Jundiaí e esperamos todos vocês.

Ana Paula Silveira Gericó Speri
Coord. Estadual do Ministério para Crianças.



5 de abr de 2013

Ministério para Crianças: muitas alegrias para partilhar


O Encontro Nacional de Formação – ENF 2013 – realizado há três meses, para servos e membros da liderança carismática de todo país, tem frutificado novas experiências nas dioceses, dentro de nossos ministérios a cada dia que passa. Exemplo disso, é o que o coordenador da diocese de Campanha/MG, Flávio Oliveira mostra através de seu  testemunho. Para ele, ser canal de Deus na vida das crianças é motivo de muita alegria. Confira!

Entre os dias 24 e 27 de janeiro, estive participando do ENF – Encontro Nacional de Formação, na cidade de Aparecida/SP. Foram dias de muitas bençãos. Na sexta-feira (25), tivemos na parte da tarde um workshop do nosso Ministério para as Crianças, foi maravilhoso! Nossa coodenadora nacional, Hyde Flávia, passou uma formação fantástica sobre o Ano da Fé, ensinando como trabalhar esta moção tão especial, a fé, com nossos pequeninos. A partir de todos esses direcionamentos, realizamos diversas atividades de evangelização das crianças da nossa diocese.
 
Amiguinho de Deus eu quero ser
Quero partilhar o manancial de graça que foi o nosso 1º encontro de futuros líderes da RCC, na cidade de Campanha, entre os dias 01 e 03 de março. Tivemos a participação e evangelização de 44 crianças. O tema do nosso encontro foi: "Amiguinho de Deus eu quero ser". Trabalhamos as práticas espirituais na vida dos nossos pequeninos e convidamos os mesmos a serem amiguinhos de Deus vivenciando essas práticas: oração, jejum, rosário, adoração no seu dia a dia. Agradeço aos evangelizadores infantis que estiveram à serviço de nosso amado Deus nestes dias.
 
Evangelização nos dias de folia
Destaco ainda, como foi maravilhoso nossos retiros de carnaval  para as crianças. Tivemos cerca de 260 crianças sendo evangelizadas nestes dias de folia. Uma folia super diferente, nos divertimos envolvidos pela graça de Deus.  Tenho certeza que estes dias foram e serão para sempre marcantes na vida dos pequeninos. O Papai do Céu é fiel e grandes obras tem realizado na vida das nossas crianças através de cada evangelizador infantil que se doa por amor ao serviço do Reino. Deus seja louvado por todos irmãos que correspondem ao chamado de Deus à evangelização das nossas crianças.
 
Pentecostes diocesano para criança
Nosso 1º Pentecostes diocesano para as crianças acontecerá no dia 02 de junho em Três Corações.
 
Quero partilhar ainda a alegria que está o meu coração por já estar vendo os frutos do nosso ministério sendo colhidos. É bom demais ser canal de Deus na vida dos seus prediletos filhinhos (crianças). Bom demais também é saber que podemos contar com nossos irmãos de caminhada para que a graça de Deus se manifeste na vida de cada pequenino.
 
Flávio Oliveira

Fonte: RCC Brasil

4 de abr de 2013

Convite a todos os evangelizadores infantis, catequistas, Infância Missionária, Pastoral da Criança, professores, pais e a quem mais interessar



Nossas crianças têm sede. Sede de Água Viva. Que água temos dado às nossas crianças?

Amados evangelizadores infantis, que a alegria do Menino Jesus contagie a sua vida e o ministério que Deus lhe deu!

Nossos Grupos de Oração estão repletos de crianças que, juntamente com seus pais, tem muita sede de Deus.

Temos contribuído para saciar a sede delas?

Realizaremos nos próximos dias 03, 04 e 05 de maio, em Jundiaí, o primeiro Encontro Estadual do Ministério para Crianças deste ano. Abordaremos o seguinte tema: O Querigma – parte essencial da evangelização. Ainda que você já tenha participado de outros encontros com este foco, creia, esse será diferente.

Contamos com seu apoio na divulgação e motivação dos demais ministeriados, com suas orações e especialmente com a sua presença.

Esperamos você!

Na paz do Menino Jesus,

Ana Paula Silveira Gericó Speri
Coord. Estadual do Ministério Crianças

----------------------------------------------------------------------------------------------

LOCAL: 
Parque Comendador Antonio Carbonari (Parque da Uva)
Av. Amadeu Ribeiro, 500 - Anhangabaú - Jundiaí

INSCRIÇÕES:
O pagamento da inscrição deverá ser feito por meio de depósito junto ao BANCO DO BRASIL - Agência 6840-3 - Conta Corrente 1498-2, em nome da Associação da RCC da Diocese de Jundiaí.
A inscrição deverá ser feita com Elaine pelos telefones (11) 9.9895.3127 ou (11) 4039.5401  ou pelo e-mail: formacao@rccjundiai.com.br

VALORES: 
Até 20 de abril - R$ 35,00
De 21 a 30 de abril - R$ 45,00
Após essa data e no dia do Encontro - R$ 50,00

QUEM FOR DORMIR NO LOCAL DO ENCONTRO DEVERÁ LEVAR COLCHONETE.

Imprima a ficha de inscrição em PDF clicando AQUI.
Instruções:
Após abrir a janela com a ficha de inscrição, siga com o mouse sobre a tela para localizar os ícones "impressora" para imprimir ou "download" para salvar em seu computador.

Se houver alguma dificuldade, solicite a ficha de inscrição pelo e-mail: tiapaulalimeira@yahoo.com.br


2 de abr de 2013

Santa Faustina e a Divina Misericórdia

Você já brincou de “o que vai ser quando crescer?” Santa Faustina brincava!
A gente acaba brincando daquilo que acha mais legal: bailarina, médico, super herói…


Conversando com meus amigos padres, descobri que muitos deles brincavam de celebrar missa quando eram meninos (o padre Jonas brincava).
E as meninas? Eu colocava um pijama na cabeça e brincava que era freira (cheguei bem perto), tipo a Helena, que brincava assim também e acabou mesmo uma religiosa… Quem é Helena? Nada mais, nada menos que Santa Faustina, aquela garota que viu Jesus Misericordioso.


Quer conhecer a história dela? Assista o “Amigos do Céu: Santa Faustina"


Que tal você desenhar Jesus Misericordioso?
Não sabe desenhar? Jesus disse que isso não é problema!!!
Jesus apareceu a Irmã Faustina e disse: “Pinta uma imagem de acordo com o modelo que estás vendo, com a inscrição: ‘Jesus, eu confio em Vós’.”
Foi então que aconteceu uma história engraçada…
Quando o pintor trouxe o quadro para Irmã Faustina ver, ele tinha pintado do jeitinho que ela pediu, mas quem disse que Faustina gostou?! É que pintor nenhum nesse mundo consegue fazer Jesus bonito como Ele é realmente, por mais talentoso que seja. 

Faustina foi se queixar com Jesus: E agora Senhor? – Mas Jesus explicou pra ela: “Não importa o talento do pintor, mas o amor com que pintou o quadro e se nele estão todos os elementos que pediu.
Que elementos?
- Uma das mãos de Jesus  erguida para a bênção, e a outra sobre sobre o peito;
- Da túnica entreaberta sobre o peito, onde está o coração, saem dois grandes raios: um vermelho que significa o sangue que é a vida das almas. E o outro branco, que significa a água que justifica as almas.
Jesus prometeu que “Por meio desta Imagem concederei muitas graças às almas.”
Ore, peça o Espírito Santo e… Mãos a obra, artista!


Quer assistir o programa que a tia Adelita gravou de Santa Faustina para a Web TV CN? É bem legal:Clique aqui
E se você quiser pode colorir o desenho feito por ela da irmã Faustina, é só clicar nele para ampliar e imprimir:


Fonte: Blog HISTÓRIAS DOS SANTOS PARA CRIANÇAS da Tia Adelita

Veja também esses outros links:
Catequese Kids