16 de abr de 2014

Partilhando a vida

Conheça um pouco sobre a experiência de Josiele dos Santos Correa no Ministério para Crianças. Ela é da cidade de Capão Bonito, onde participa do GO Mensageiro da Paz e atualmente coordena o MC na Diocese de Itapeva.

BMJ - Há quanto tempo você atua no Ministério para Crianças?

JO - Atuo no Ministério para Crianças há dois anos e meio, minha diocese não tinha ainda este Ministério, meu antigo coordenador, vendo os trabalhos do Ministério nos Encontros Estaduais, resolveu trazer para a nossa Diocese e, deste então estamos lançando esta semente nos Grupos de Oração da Diocese de Itapeva.

BMJ - Conte para nós como foi o seu primeiro contato com o MC.

JO - Bom, eu não conhecia nada, ai a Diocese me mandou para o Encontro Estadual do Ministério para Crianças em Ourinhos e me apaixonei. Me identifiquei com aquele dom que o Senhor já estava colocando dentro do meu coração, ali mesmo comprei bastante material de formação para que eu pudesse me preparar para iniciar o nosso primeiro Grupo de Oração Infantil.

BMJ - Como tem sido a sua experiência com o MC?

JO - O Senhor primeiramente usou este Ministério para me curar, trouxe de volta o meu coração de criança, e através desse Ministério pude também descobrir meu lado profissional, despertou a vontade de trabalhar com criança dentro e "fora" da Igreja. Hoje curso Pedagogia.

BMJ - Então o MC revolucionou a sua vida?

JO - Sim, a minha vida hoje é voltada para o Ministério, hoje me preocupo muito com a evangelização das nossas crianças, vendo todas essas leis querendo ser implantadas na nossa educação, eu como futura professora e como cristã me preocupa muito, pois o inimigo de Deus vem querendo acabar com nossas famílias e vem atingindo as nossas crianças. Assim como o Senhor usou este Ministério para me curar, assim Deus quer usar o MC para resgatar as nossas famílias.

BMJ - O que você acha ser necessário para que alguém seja um bom evangelizador infantil? 

JO - Primeiramente tem que gostar de criança e ter o Senhor como realmente o Senhor de nossa vida, lembrarmos que somos servos, e que somos espelho para nossas crianças.

BMJ - Em maio teremos um Aprofundamento sobre o Querigma. Qual a importância deste tipo de Encontro?

JO - Se somos servos e se atuamos no ministério dentro da RCC, temos que estar atentos para as formações. Este Aprofundamento sobre o Querigma será muito importante para nós evangelizadores de crianças, pois muitos ainda tem dificuldade de evangelizar na "linguagem" da criança, então já é uma nova experiência que precisamos conhecer.

BMJ - O que você diria para aqueles que ainda estão em dúvida quanto a ir neste Encontro?

JO - Vão, será crescimento para você e para seu Grupinho de Oração, assim como meu coração veio transbordado no meu primeiro Encontro Estadual, o seu coração também transbordará e estaremos todos unidos, conservando a unidade entre nós evangelizadores de crianças.




Nenhum comentário: